Casa Portuguesa – Associação Cultural e Recreativa de Cidadãos Portugueses e Amigos de Portugal

0 / 5
Adicionar aos favoritos Imprimir

Mensagem do Presidente

Estimados asociados e amigos da Casa Portuguesa.

A Casa Portuguesa, apesar de ser ainda uma instituição recente, apenas com três (3) anos de vida activa, tem um laborioso trabalho realizado do qual todos nós nos podemos orgulhar, podemos destacar, todo o trabalho desenvolvido no apoio a vários compatriotas para obtenção da sua documentação quer junto do Consulado de Portugal em Barcelona, quer ainda junto da Policia de Estrangeria em Palma, os vários eventos realizados ao longo do ano e a constituição da nossa equipa de Futebol, que disputou brilhantemente o Torneio de Futebol da BrisaSports.

Também a sua actividade associativa se estendeu a outras instituições, como sejam;

Que, a nossa associação é uma das Fundadoras da FAD-Federação de Associações da Diáspora Portuguesa (Mundial), que fêz o esboço dos seus estatutos e que esteve presente e subcreveu a escritura notarial na Cidade de Viseu.

Que, está presente na UAIB-União das Associações Inmigrantes das Baleares, que fêz os seus estatutos e detêm a Presidência da mesma.

Que, participa activamente nos trabalhos e reuniões da Conselleria de Inmigración do Ayuntamiento de Palma.

Mas amigos, a pesar de toda esta actividade, falta-nos realizar o sonho que qualquer movimente associativo tem! É o de ter a sua própria SEDE SOCIAL, local por excelência de reunião familiar, e da massa associativa.

Uma associação é, e deve ser o comungar de ideias e principios que visem aglutinar uma comunidade, e a sua valorização não como um principio capitalista de lucro, mas sim numa perspectiva Social, Humana, Solidária e Generosa, em que o lucro é a satisfação do bem estar de toda a comunidade.

Obrigado e bem haja

Fernando Cabaço
Presidente de Direcção

Historial

A, Casa Portuguesa-Associação Cultural e Recreativa de Cidadãos Portugueses e Amigos de Portugal, foi fundada no dia 24 de Abril de 2013, legalizada pelo Governo Autónomo das Ilhas Baleares no dia 15 de Outubro de 2013.

A sua fundação deve-se à vontade manifestada por um grupo de compatriotas, nostálgicos das suas tradições, e costumes, bem como manter bem viva a nossa Cultura, e Lingua junto das camadas mais jovens da nossa comunidade, e sobretudo para alertarmos as autoridades Portuguesas para o isolamento da comunidade Lusa aquí residente.

De facto, o isolamento deve-se à Insularidade, que obriga a uma deslocação, nem sempre fácil para quem necesita ir ao Posto Consular de Barcelona, não só pelo gasto económico que representa no orçamento familiar, mas também pela perda de días de trabalho, estes factos contribuem para que muitos compatriotas não tenham a sua documentação em orden; não estejam inscritos no respectivo Posto Consular; nem nos Cadernos Eleitorais estando portanto impedidos de exercer o seu direito cívico de votar.

É pois, a insularidade um verdadeiro problema, cuja única solução, é a instalação de uma permanência Consular, ou um Consulado Honorário na Cidade de Palma de Maiorca, que permita a todos os residentes tratar de toda a sua documentação, sem a necessária deslocação a Barcelona.

Durante a nossa curta existência, realizou a Direcção um laborioso trabalho junto da comunidade, dos quais destacamos:

  • O 1o Encontro de Emigrantes Lusófonos em Palma de Maiorca em 2014;
  • As Comemorações do Dia de Portugal de Camões e das Comunidades, realizadas nos anos: 2013, 1014, 2015 e 2016
    2015 com um grande evento no Par de la Mar (lugar emblemático da cidade de Palma) que teve a presença da máxima autoridade Palmesana, o Alcalde de Palma, e cerca de 800 pessoas presentes;
  • Durante a celebração do 1o aniversario da Casa Portuguesa, foi iniciada a divulgação do jogo tradicional Português a Malha;
  • A festa de Natal, para os filhos dos nossos compatriotas, animado por um palhaço e com a distribuição de Brinquedos, sumos e doces a todas as crianças;
  • O programa de rádio “ Portugal em Maiorca” transmitido em directo todos os Domingos das 13 às 14,00 Horas ( agora suspenso por razões alheias à associação), mas está a actual Direcção em negociações com outra emisora para retomar o seu programa de rádio;
  • Foram admitidos 142 sócios;
  • Foram realizados diversos pedidos de apoio para renovação de documentação de asociados ao Consulado de Barcelona;
  • Foi o apoio que demos ao joven Filipe que sofreu uma brutal agressão em Magaluf, que esteve em coma durante oito días, e acompanhar o seu Pai nas diligências de apresentação da queixa crime às autoridades policiais, (Guardia Civil), no acompanhamento da situação hospitalar, e em tudo o que foi necessário até que o joven Filipe foi para a Clinica da Póvoa em Portugal;
  • A Biblioteca associativa é uma realidade com 30 titulos gentilmente oferecidos por particulares;
  • Em 2016 iniciámos com muitas dificuldades a nossa secção de futebol, com doze (12) jovens Portugueses que orgulhosamente ostentam o nome da Casa Portuguesa, nos torneios de futebol, na actualidade encontram-se em plena competição desportiva no torneio da BrisaSports, com uma brilhante prestação em todos os jogos, razão pela qual estamos classificados no 4o lugar do seu grupo.

A nossa secção de atletismo está parada por falta de recursos.

Objetivos

a) Unir toda a comunidade Portuguesa e Amigos de Portugal residente nas Ilhas Baleares, e mais concretamente em Maiorca, como exponente máximo da sua existencia.

b) Promover e divulgar a Cultura, o Idioma, a Gastronomia e os nossos Costumes junto da população nativa.

c) Promover as actividades desportivas, como o futebol e o atletismo entre os asociados.

d) Promover jornadas de convivio entre todos os associados. E a celebração das datas, e ou dos feriados mais importantes de Portugal.

e) Promover a plena integração social e de pleno direito de todos os cidadãos Portugueses na sociedade balear, direito esse reconhecido no Tratado de Schengen.

f) Empreender todos os esforços para que seja posta em funcionamento um Permanência Consular em Palma de Maiorca.

Estatutos

Órgãos Sociais

DIREÇÃO

PRESIDENTE DE DIRECÇÃO

fernando-cabaco

Fernando Cabaço

VICE-PRESIDENTE DIRECÇÃO

francisco-campanico

Francisco Campaniço

SECRETÁRIA DE DIRECÇÃO

eva-carvalho

Eva Carvalho Cabaço

1º VOGAL EFETIVO

ricardo-goncalves

Ricardo Gonçalves

2º VOGAL EFETIVO

silhueta-interrogação

Ana Paula Pereira

3º VOGAL EFETIVO

manuel-oliveira

Manuel Oliveira

4º VOGAL EFETIVO

filipe-preto

Filipe Preto

1º VOGAL SUPLENTE

antonio-almeida

António Almeida

2º VOGAL SUPLENTE

manuel-soares

Manuel Soares

3º VOGAL SUPLENTE

silhueta-interrogação

Tania da Silva

Notícias

Eventos

Dezembro, 2018

Sem Eventos para este mês

Contactos

Calle Reina Maria Cristina,
nº 71 - 4º B
07004 Palma de Maiorca
Islas Baleares
Espanha

Fernando Cabaço
34-626 533 891

Francisco
692 471 356

portuguesamaiorca@hotmail.com

Classificar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

FAÇA PARTE DO PORTAL DIGITAL DA FADFaça a sua inscrição e beneficie de todos os benefícios.