presidente_fad

Manuel Bettencourt - Presidente da Direção

Bem-vindos à FAD e a esta plataforma mundial digital!

A Federação das Associações da Diáspora – FAD, nasceu do seio das associações da Diáspora, da sua motivação intrínseca de criar uma estrutura não-governamental (ONG) sem fins lucrativos, apartidária, e laica, tendo por missão federar o movimento associativo ao nível mundial, promover o intercâmbio entre as comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo e criar um espaço de encontro, de partilha, apoio e parceira na construção de uma cidadania ativa, tolerante e solidária.

A FAD tem ainda por objetivo estreitar laços e relações de proximidade entre Portugal e as suas comunidades da Diáspora, em especial no que ao movimento associativo diz respeito.

Esta plataforma mundial digital da FAD é apenas uma das estratégias e ferramentas para ir de encontro aos nossos objetivos, mas estamos certos que será uma importante e fundamental ferramenta de ação e interação.

A plataforma mundial da FAD é uma inovadora e útil ferramenta digital global, que disponibiliza:

  1. Diversos conteúdos informativos;
  2. Diretório de contactos, através de uma vasta rede de contactos com recurso á georreferenciação, permitindo estabelecer contacto com associações de todo o mundo, obter contactos das representações diplomáticas e consulares, contactos úteis de Portugal, bem como contactos de âmbito turístico e empresarial;
  3. Promoção e divulgação das associações associadas à FAD através da criação de um microsite autónomo para cada associação que assim o deseje, onde poderão divulgar a associação, as suas atividades, a sua agenda, tornando-se mais interativa com o mundo e com Portugal;
  4. Gabinete digital de apoio, espaço onde as associações poderão obter um conjunto de informações úteis à sua atividade, bem como apoio na obtenção de informação e formulários para candidaturas de apoios;
  5. Gabinete de apoio jurídico, onde teremos um advogado para ajudar nas questões que sejam colocadas pelas associações filiadas (de acordo com a legislação portuguesa);
  6. Espaço informativo, notícias e de destaques, onde também serão divulgadas as iniciativas próprias da FAD, sempre com o espírito do apoio ás associações;
  7. Entre muitas outras funcionalidades que irão sendo disponibilizadas.

Como acima referi, a FAD não é apenas esta importante plataforma mundial digital, que ambiciona ser a maior referência do movimento associativo da Diáspora do mundo, mas quer ser sobretudo uma organização que pretende ir ao encontro das dificuldades e dos problemas das associações com o intuito de ajudar e colaborar, bem como apoiar e divulgar as inúmeras iniciativas de grande valor que as associações pelo mundo fora vão desenvolvendo e que merecem esse reconhecimento.

Além da relação virtual e digital que estabelecemos através da presente plataforma, queremos ser também uma organização presente, do terreno e que pretende organizar iniciativas unindo esforços, partilhando ideias e recursos e assim, tornar possível também o contacto humano e presencial, dando assim corpo e vida aquilo que é a nossa matriz portuguesa, os valores e a determinação de vencer.

As associações da Diáspora que se queiram associar á FAD só tem de nos fazer chegar essa vontade através do formulário de proposta de adesão á FAD, disponíveis no menu “associações”, que de imediato entraremos em contacto.

Com estima e amizade,

Manuel Bettencourt
Presidente da Direção

ernesto_v3

José Ernesto Silva - Presidente da Assembleia-geral

Bem-vindos à FAD e a esta plataforma mundial digital!

A FAD, é uma estrutura criada a partir das associações da Diáspora, com o objetivo claro de colmatar uma lacuna existente, ou seja, de criar uma estrutura de apoio ás associações da Diáspora e ao mesmo tempo ser um elemento de aproximação do movimento associativo das nossas comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo com Portugal.

A FAD tem portanto também o propósito de estreitar laços e relações de proximidade entre Portugal e as suas comunidades da Diáspora, com especial destaque para o movimento associativo.

Através da Confraria dos Saberes e Sabores da Beira Grão Vasco, de que sou o seu Almoxarife, estive na organização de 4 cursos mundiais de formação de dirigentes associativos da diáspora, ao qual tive oportunidade de ver, observar e constatar uma enorme dinâmica, dedicação e sobretudo um enorme amor a Portugal, ao qual não pude ficar indiferente, tendo também assumido responsabilidades na estrutura da FAD. No entanto, a Confraria dos Saberes e Sabores da Beira Grão Vasco, já tinha experiências com a Diáspora, pois já tinha estabelecido relações institucionais e de amizade, através da celebração de alguns protocolos e atividade confrádica, nomeadamente, com algumas comunidades portuguesas como o Brasil, Suíça, França e Bélgica.

Esta plataforma mundial digital da FAD, que acaba de ser lançada e colocada á disposição dos cibernautas, é apenas uma das várias estratégias e ferramentas para alcançar os nossos objetivos, para estarmos mais próximos das associações e assim mais facilmente podermos interagir e apoiar.

Queremos através desta estrutura aumentar a nossa rede de contactos com as associações da Diáspora e promover uma relação de proximidade, de laços e afetos com Portugal, pois, estamos certos da importância para ambas as partes.

A FAD pretende ir ao encontro das dificuldades e dos problemas das associações, procurando ajudar e cooperar, bem como apoiar e divulgar as inúmeras iniciativas de grande valor que as associações pelo mundo fora desenvolvem, dignificando desta forma Portugal.

Esta plataforma digital, pretende encurtar distâncias e tempo na promoção das relações entre a FAD e as associações, mas também nas relações entre elas e também entre inúmeros parceiros. O virtual é uma estratégia indispensável pelas razões óbvias da distância, mas também queremos estar próximos, ir ao encontro dos dirigentes associativos e das comunidades, apoiando e organizando iniciativas, partilhando ideias e recursos, promovendo também uma relação de proximidade, de contacto humano e presencia I, trazendo ao de cima as nossas raízes portuguesas.

Mais do que um projeto, a FAD, agora apoiada com esta nova ferramenta de contacto com o mundo, é um desafio dirigido a todos e para todos, pois, queremos que esta organização seja um espaço dedicado ao movimento associativo da Diáspora, mas também e sobretudo de promoção e ligação do mundo a Portugal e Portugal com o mundo, onde o maior ativo deste desafio são as pessoas, são os portugueses.

Com estima e amizade,

José Ernesto Silva
Presidente da Assembleia-geral